O Povo News

Vítima de maus-tratos e tortura, cavalo precisou ser sacrificado

O cavalo encontrado agonizando no distrito de Trancoso, em Porto Seguro, precisou ser sacrificado no início da tarde desta segunda-feira (13). O animal ficou oito dias em um buraco e, mesmo depois de resgatado, na noite de sábado (11), ainda foi torturado pelo tutor. Segundo moradores, o homem dizia que o equino não tinha mais serventia.

Ao Radar News, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Causa Animal informou que devido à grave desnutrição do cavalo e outros sinais de maus-tratos, uma médica veterinária teve de proceder a eutanásia.

QUADRO IRREVERSÍVEL – O cavalo foi encontrado com um quadro de desidratação extrema, fratura no úmero direito, edemas de decúbito prolongado, edema pulmonar e paralisia renal. Diante do quadro irreversível e de grande sofrimento, o animal foi eutanasiado com prévia aplicação de uma substância ativa de anestésico local.

DENÚNCIA SERÁ ENCAMINHADA AO MP – Fiscais da secretaria já identificaram o dono do cavalo. Foram realizadas diligências pela localidade, mas ele ainda não foi encontrado. A veterinária vai preparar um laudo com a causa da morte do cavalo e uma denúncia será encaminhada ao Ministério Público Estadual. O tutor pode ser multado ou até preso, com base na lei de crimes ambientais.

COMUNIDADE CUIDOU DO CAVALO – Desde a noite de sábado, a comunidade do bairro Sapirara cuidou do cavalo, com alimento, água e soro. Depois da revolta dos moradores, o tutor desapareceu do local. Durante muitos anos, o homem usou o animal para prestar o serviço de passeios de turistas pelas praias de Trancoso.

Fonte: Radar64

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

Imagem do WhatsApp de 2024-07-19 à(s) 06.07
Imagem do WhatsApp de 2024-07-18 à(s) 07.34
OIF
2344er
agora3_33
download
FmxpEXGWQBYF6ba
1000386008-300x200
R
governador-jeronimo-divulgacao-GOVBA-1000x530-1-e1705379913161-1728x800_c
Imagem do WhatsApp de 2024-07-17 à(s) 11.46
R