O Povo News

Passagem de Ano Novo teve origem a.C. com Julio César

Foi em 46 a.C. que o imperador Júlio César decretou que nesse dia seria comemorado o ano-novo, baseado no calendário juliano. Assim, com o passar do tempo, essa data tornou-se um marco e, hoje em dia, a maioria dos países comemora a chegada do novo ano em 1.º de janeiro.

Baseada no calendário gregoriano, também chamado de cristão ou ocidental. A véspera de ano-novo, também chamada de “Réveillon”, é celebrada no último dia do ano, 31 de dezembro. Note que o termo francês “Réveillon” faz referência ao verbo Réveiller, que significa despertar, acordar, reanimar.

A grande comemoração, na verdade, acontece esse dia em diversas partes do mundo. Fogos de artifício enchem os céus e multidões se aglomeram para esperar a chegada do novo ano.

Vale lembrar que esse dia não é feriado nacional e o horário laboral é o mesmo. Somente em alguns lugares que os funcionários são liberados do trabalho mais cedo, no entanto, isso vai de acordo com as políticas de cada empresa.

Significado do ano-novo

O ano-novo significa esperança, renovação e mudança. Existe muita expectativa por parte das pessoas de que esse momento celebra o abandono do que não precisamos mais com a chegada de algo novo e de muitas realizações. Por esse motivo, diversas pessoas costumam fazer listas do que pretendem iniciar e conquistar nessa nova fase.

Origem do ano-novo

A história do ano-novo é algo bem antigo, uma vez que diversas civilizações da antiguidade comemoravam a passagem de ano em março, tendo em conta o fim do inverno e a chegada da primavera.

No império romano, a população celebrava esse dia em homenagem ao deus Jano, deus das mudanças e transições.

Foi em 46 a.C. que o imperador Júlio César decretou que nesse dia seria comemorado o ano-novo, baseado no calendário juliano.

Somente no final do século XVI que essa data foi finalmente oficializada com a adoção do calendário gregoriano, pela igreja católica.

Assim, com o passar do tempo, essa data tornou-se um marco e, hoje em dia, a maioria dos países comemora a chegada do novo ano em 1.º de janeiro.

No Brasil, como na maioria dos países ocidentais que seguem o calendário gregoriano, o ano-novo tem início em 1.º de janeiro.

A festa da virada

No país, o ano-novo é um momento muito celebrado. Acontecem muitas festas com shows e apresentações, sendo também chamada de “festa da virada” ou simplesmente “festa de ano-novo”.

Multidões enchem as praias, as praças e as casas para comemorar a passagem do ano, e na chegada do ano-novo os conhecidos se abraçam e desejam coisas boas aos outros. É comum também cantar a música:

Adeus, ano velho!
Feliz ano-novo!
Que tudo se realize
No ano que vai nascer!
Muito dinheiro no bolso,
Saúde pra dar e vender!

Símbolos e superstições do ano-novo no Brasil

Fogos de artifícios são um dos principais símbolos da festa de passagem de ano, que preenchem os céus de diversas cores durante minutos. Assim, acontece a contagem regressiva no último minuto do ano velho, dando início a entrada do ano-novo.

Outro símbolo muito comum é o brinde feito com champanhe. Vale lembrar que muitas superstições também acompanham as pessoas na chegada do novo ano, como, por exemplo:

  • Usar roupa branca;
  • Vestir lingerie nova e colorida (dependendo do que se pretende obter);
  • Pular 7 ondas do mar;
  • Comer 7 sementes de romã;
  • Comer um prato de lentilhas.

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

1000386008-300x200
R
governador-jeronimo-divulgacao-GOVBA-1000x530-1-e1705379913161-1728x800_c
Imagem do WhatsApp de 2024-07-17 à(s) 11.46
R
OIP
Imagem do WhatsApp de 2024-07-16 à(s) 13.57
543_17-de-julho-e-o-dia-de-protecao-as-florestas
ceu-nublado-beth-1
20092019022321
IMG-20240714-WA0411-678x381
baixados (16)