O Povo News

Paraná: Jovem mata menina de 13 anos a facadas e atualiza status em rede social para viúvo, diz PM

Um jovem de 19 anos foi preso suspeito de matar a namorada, de 13 anos, a facadas, em Sertanópolis, no norte do Paraná, nesta terça-feira (4). Segundo a Polícia Militar (PM), depois do crime, ele atualizou a rede social para “viúvo”.

Emerson Castro, tenente da PM que atendeu à ocorrência, disse que o próprio suspeito ligou para a polícia e confessou o crime. O jovem disse que viu a vítima com outro homem, ficou enfurecido e, por isso, foi para casa buscar uma faca para matar o casal.

“A menina o acompanhou, tentou dialogar com ele. Ele pegou a faca e com diversos golpes acabou matando essa menina”, disse.

O suspeito tem passagens por tráfico de drogas e utilizava tornozeleira eletrônica. Após o crime, ele tirou o equipamento eletrônico para fugir, mas depois desistiu, disse a polícia.

“Alguma coisa o fez mudar de ideia. Então ele retornou para o local e ligou para a Polícia Militar, para narrar o crime que tinha acabado de cometer”, contou o tenente.

A PM informou que a adolescente era moradora de Bela Vista do Paraíso. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas ela não resistiu e morreu no local.

A Polícia Civil investiga o caso, e o corpo foi levado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Londrina, no norte do Paraná.

Segundo a PM, o jovem foi preso como suspeito de feminicídio e era considerado perigoso pelos vizinhos. A faca usada no crime estava a pouco metros do corpo da vítima e foi apreendida.

Ele foi levado à Delegacia de Sertanópolis e, depois, será encaminhado à cadeia de Ibiporã, também no norte.

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

84771690_BRASILBrasilia-DF24-09-2019Sessao-do-Congresso-Nacional-na-tarde-desta-terca-f
Imagem do WhatsApp de 2024-05-28 à(s) 17.21
20240528_190431
Imagem do WhatsApp de 2024-05-27 à(s) 18.15
dfg
OIP (2)
OIF
OIP (1)
66596c63d6477c19d1ff9a36e46d4186
lula-evento-etanol-raizen-24-mai-2024-848x477
fachin-stf
mata-atlantica-petar-foto-daniel-de-granville-conexao-planeta