O Povo News

Mulher entrega celular a bandidos mas mesmo assim é assassinada na frente do filho de 7 anos

A técnica em enfermagem, Luciene Silva dos Santos, de 34 anos  morreu após ser baleada com três tiros em um ponto de ônibus de Salvador, durante um assalto. Um dos disparos atingiram a cabeça. No momento do crime, a vítima estava no ponto de ônibus do Cemitério Campo Santo, no bairro da Federação, com o filho de sete anos.

Luciene foi abordada por dois homens em uma moto. De acordo com informações da PM, a dupla pediu o celular da vítima e, no momento em ela fazia a entrega do aparelho, foi baleada três vezes. Um dos disparos atingiu a cabeça da vítima.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi chamado para atender a vítima. Durante o socorro, policiais da 41ª CIPM chegaram a se deslocar do local do crime até o encontro de uma ambulância avançada do SAMU, que foi deslocada pelos militares para ajudar no atendimento.

No entanto, após mais de uma hora de socorro no local, Luciene não resistiu e morreu. Segundo informações da TV Bahia, ela era moradora do Alto das Pombas, na região próxima ao local do crime. O filho de Luciene, de sete anos, foi levado para a casa de um tia.

Após o crime, muitos moradores do Alto das Pombas se reuniram nas proximidades do ponto de ônibus sob clima de revolta.

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

Ao-apresentar-um-ou-mais-sintomas-da-Dengue-e-imprescindivel-que-a-pessoa-procure-um-servico-de-saude-para-diagnostico-e-tratamento-adequado
buzu-obitos-1-1
stf-foto-divulgacao
01HV4N7Y4VV8557B82P3QDS2QT
download
incendio-Amazonia1
dengue
Lula
SergioMoro-Podemos-Filiacao-Candidatura-Presidente-AlvoaroDias-RenataAbreu-39-scaled-1-848x477-1
1664292344633315f8bf64b_1664292344_3x2_md
20240409_102426
Carros-transito