O Povo News

Governo mudará Bolsa Família para estimular mercado formal de trabalho

Franedir Gois/Opovnews
 

Benefício será mantido para quem conseguir emprego de até cinco salários mínimos
Pelas novas regras, que ainda não foram fechadas, beneficiários que conseguirem empregos com remuneração entre quatro e cinco salários mínimos, ou seja, até R$ 4.685, continuarão recebendo o Bolsa Família por dois anos. E se perderem o trabalho depois desse período, voltarão automaticamente a receber o benefício do governo.

— O Bolsa Família hoje é uma causa importante, senão a maior, da informalidade no mercado de trabalho. As pessoas morrem de medo de perder o Bolsa Família se arranjarem um emprego. E se arrumam (um emprego) não querem assinar a carteira — disse o ministro, ao participar do evento “Brasil de Ideias”, promovido pela revista “Voto”.
O valor médio pago às 13,5 milhões de famílias atendidas hoje — que reúnem cerca de 50 milhões de pessoas — é de R$ 182. A quantia pode ser maior ou menor conforme a renda da família, o número de dependentes, entre outros fatores.

Segundo Osmar Terra, o governo também premiará prefeitos pela emancipação de famílias do Bolsa Família. Eles passarão a ganhar um bônus em dinheiro do governo federal para o município e um troféu das mãos do presidente Michel Temer.

— É uma forma de estimular o prefeito. Ele não tem ganho político com isso e vai passar a ter — disse o ministro.

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

1000386008-300x200
R
governador-jeronimo-divulgacao-GOVBA-1000x530-1-e1705379913161-1728x800_c
Imagem do WhatsApp de 2024-07-17 à(s) 11.46
R
OIP
Imagem do WhatsApp de 2024-07-16 à(s) 13.57
543_17-de-julho-e-o-dia-de-protecao-as-florestas
ceu-nublado-beth-1
20092019022321
IMG-20240714-WA0411-678x381
baixados (16)