O Povo News

Governo Lula exonera os chefes das superintendências regionais do Ibama em 21 estados

Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima também oficializou a dispensa de 18 pessoas da função de substituto eventual de superintendentes regionais.

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) exonerou os nomes que comandavam as superintendências regionais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) em 21 estados do país. Ainda não foi divulgado quem irá assumir as chefias locais do Ibama.

O Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima também oficializou a dispensa de 18 pessoas da função de substitutos eventuais de superintendentes regionais do Ibama.

Veja a lista dos exonerados do cargo de superintendente regional:

  • Bruno Pinheiro Dias Semeghini – Goiás;
  • Daniel Charliton Rodrigues – Rio de Janeiro;
  • Davi de Sousa Silva – São Paulo;
  • Fausto Goes Leite Junior – Sergipe;
  • Glauco José Corte Filho – Santa Catarina;
  • Kenny Wilson Bernardo da Silva – Alagoas;
  • Luiz Antonio Correa Luchesi – Paraná;
  • Luiz Renato Fiori – Espírito Santo;
  • Mauricio Moura Tavares – Bahia;
  • Rondinelle Silva Oliveira – Rio Grande do Norte;
  • San Martin Coqueiro Linhares – Piauí;
  • Sergio Eduardo Simões – Pernambuco;
  • Gibson Almeida Costa Junior – Mato Grosso;
  • Jose Harlam Fernandes Aguiar – Amapá;
  • Rafael Angelo Juliano – Pará;
  • Valter Dias Patricio – Roraima;
  • Antonio Vicente Cocco Cargnin – Rondônia;
  • Carlos Eduardo de Oliveira – Amazonas;
  • Brena Bringel Bastos – Maranhão;
  • Isac Braz de Cunha – Tocantins;
  • Waldemir Moreira Junior – Mato Grosso do Sul.

Ao todo, foram 47 exonerações no Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima, incluindo cargos de alto escalão e superintendências regionais do Ibama.

As exonerações e dispensas foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU) na última sexta (13) e nesta segunda-feira (16), assinadas pelo ministro da Casa Civil, Rui Costa, e pela ministra do Meio Ambiente, Marina Silva.

O g1 entrou em contato com o Ministério do Meio Ambiente e com o Ibama para saber o motivo das exonerações e quando serão indicados os novos nomes e aguarda retorno.

A presidência nacional do Ibama no governo Lula ficará nas mãos do deputado federal Rodrigo Agostinho (PSB). Biólogo, advogado e ambientalista, Agostinho foi convidado para o cargo por Marina Silva.

O novo presidente do Ibama foi prefeito de Bauru, São Paulo, e membro titular do Conselho Nacional do Meio Ambiente por dez anos. Na Câmara, Rodrigo Agostinho presidiu a Comissão de Meio Ambiente.

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

84771690_BRASILBrasilia-DF24-09-2019Sessao-do-Congresso-Nacional-na-tarde-desta-terca-f
Imagem do WhatsApp de 2024-05-28 à(s) 17.21
20240528_190431
Imagem do WhatsApp de 2024-05-27 à(s) 18.15
dfg
OIP (2)
OIF
OIP (1)
66596c63d6477c19d1ff9a36e46d4186
lula-evento-etanol-raizen-24-mai-2024-848x477
fachin-stf
mata-atlantica-petar-foto-daniel-de-granville-conexao-planeta