O Povo News

Feriados fixos? Papa Francisco quer mudar as datas do Carnaval e da Páscoa a partir do ano que vem

É só começar o ano que a mesma dúvida se repete: quando é a Páscoa? Quando é o Carnaval? E o Corpus Christi? Como esses são feriados móveis, a cada ano eles caem em uma data diferente, mas isso pode mudar a partir de 2025. E você sabe quem determina a data deles? A Igreja Católica. E o Papa Francisco está empenhado em mudar o sistema e adotar uma data fixa para os feriados, assim como Natal, outra importante data cristã.

A ideia é unificar a data da Páscoa católica com a da Igreja Ortodoxa a partir do ano que vem, quando os feriados vão coincidir. É a data da Páscoa que determina a do Carnaval e Corpus Christi.

Essa é uma discussão já antiga. Em 2022, o Papa Francisco falou sobre o assunto em um encontro com o patriarca ortodoxo Bartolomeu de Constantinopla. A ideia é que todos os cristãos possam celebrar a ressurreição de Jesus em conjunto – hoje, as duas Igrejas seguem um calendário diferente.

“Tenhamos a coragem de acabar com esta divisão, que às vezes nos faz rir… ‘O seu Cristo ressuscita quando? E o seu Cristo, quando ressuscita?’ Não. O sinal é um só Cristo para todos nós”, disse o papa Francisco à época.

Coincidentemente, a Páscoa em 2025 será comemorada na mesma data para a Igreja Católica Apostólica Romana e a Igreja Ortodoxa Bizantina após 1.700 anos: dia 20 de abril.

Mudanças no calendário

A semana de Páscoa é a data mais importante do calendário cristão, marcando a ressurreição de Cristo. A data da Páscoa cristã foi estabelecida no ano 325, durante o Concílio de Niceia.

Na época, acharam por bem adotar uma fórmula complicada: ela é sempre celebrada no primeiro domingo depois da primeira lua cheia após o equinócio de primavera. Assim, ela sempre cai entre os fins de março e abril.

Caso realmente seja estabelecida uma data fixa para a Páscoa, outras datas festivas também vão sofrer alterações, já que o Carnaval e Corpus Christi são comemoradas de acordo com a Páscoa. O primeiro é hoje festejado 47 dias antes da Páscoa, já que são os dias que antecedem a Quaresma. O segundo, uma solenidade que festeja o Corpo e Sangue de Cristo na Eucaristia, acontece 60 dias depois.

O domingo de Páscoa de 2024 foi celebrado ontem. Assim, o Corpus Christi será no dia 30 de maio.

Como a Páscoa em 2025 já será no mesmo dia para católicos e ortodoxos, a ideia de ambas as igrejas é unificar a comemoração a partir do ano que vem, deixando sempre no segundo ou terceiro domingo de abril.

Apesar de as Igrejas Anglicana e Luterana quererem chegar a um acordo, o empecilho pode estar no Patriarcado de Moscou, que segundo matéria do Estadão pode acabar isolado na discussão. As Igrejas Luterana e Anglicana, na Inglaterra, também apoiam a unificação da Páscoa.

Ainda é preciso muita conversa e acordos para unificar as datas da Páscoa, que marcaria também uma união entre católicos e ortodoxos. O provável encontro entre os líderes religiosos está sendo especulado para acontecer em Jerusalém ou em Niceia (atual Iznik, na Turquia). Vamos aguardar!

Fonte: Melhores Destinos 

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

Elon-Musk-e-Moraes
FHDSHDSHH
documentos-fdr-1
ccccccc
Xh2Xanz3yUKU945xiqMkn3qHnySBN05Qi5H46CfW
IMG_5791
285736_widelg_widelg
istockphoto-168614830-612x612
líderes-g20
conta-de-luz-fdr-19
1_20191217_04476-7097462
20240411_083923