O Povo News

Eunápolis tem noite tensa: Dois baleados em bar e invasão de hospital

Radar 64 – Fotos: Radar 64

Duas pessoas que participavam de uma festa em um bar no bairro Minas Gerais, em Eunápolis, foram baleadas na noite de sábado, 16 de agosto. Pouco depois, um homem invadiu o Hospital Regional para tentar matar uma pessoa que ele imaginou que tivesse participado do atentado.

As cerca de 100 pessoas que estavam no bar foram surpreendidas por bandidos que se aproximaram do local em um carro vermelho. De dentro do veículo, um dos marginais abriu fogo, deixando feridos Tauã Prates Silva, 18 anos, atingido na perna e no abdômen e José Carlos Ferreira Rigaud, de 22 anos, baleado na perna. A polícia investiga se a quadrilha tinha um alvo específico ou se atirou aleatoriamente.

Ao saber que o irmão José Carlos tinha sido levado para o hospital, Maicon Bispo Rigaud, 22 anos, invadiu a unidade de saúde e agrediu outro baleado que estava internado. ‘Maicon acreditou, erroneamente, que este paciente tivesse atirado em seu irmão’, declarou um policial.

Um segurança, uma técnica de enfermagem e uma faxineira do hospital, que tentaram conter o invasor, também acabaram agredidos por este com um capacete.

A Polícia Militar se deslocou em massa para o hospital e ainda conseguiu prender Maicon e o amigo dele, Lucas Souza Cardoso, 20 anos. Lucas afirmou que apenas levou o colega de moto ao hospital.

Os dois irmãos e Lucas falaram que trabalham de servente de pedreiro em uma obra do governo federal no bairro Alecrim. Os três foram levados para a delegacia e até a última atualização do texto ainda não tinham sido ouvidos pelo delegado de plantão, Marivaldo Felipe.

Funcionários querem mais segurança

Os funcionários do Hospital Regional, que foram até a delegacia registrar queixa contra o agressor, reclamam da falta de segurança na unidade de saúde ‘Atendemos aqui bandidos de toda a espécie. O acesso ao interior do hospital, pela porta principal, é praticamente livre. Hoje mesmo não tivemos como evitar a invasão’, contou um servidor, na condição de anonimato.

A reportagem não conseguiu falar com nenhum representante da Secretaria Municipal de Saúde ou diretor do hospital sobre a denúncia dos servidores até a última atualização deste texto.

Secretaria de Saúde divulga nota

A Secretaria de Saúde de Eunápolis esclarece que na noite de sábado, 16 de agosto, houve uma tentativa de invasão do Hospital Regional, localizado no bairro Pequi, por uma pessoa que foi rapidamente detida e levada à delegacia de polícia, graças a ação de seguranças do hospital e de policiais militares e civis.

A Secretaria ressalta que as medidas preventivas de segurança adotadas pelo HRE incluem, além de prepostos próprios, uma articulação direta com as polícias Civil e Militar, cuja eficiência foi demonstrada no episódio citado, onde a ordem foi prontamente restabelecida logo após o incidente ocorrido.

A Secretaria lamenta que funcionários do HRE tenham sido agredidos durante a tentativa de invasão e que já tomou providências junto as autoridades policiais para aprimorar o esquema de segurança da unidade de saúde.

IMG_3378

IMG_3396

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

lula-e-lira
1_g20-35126769
bolsonaro-1
Deam Porto Seguro
IMAGEM_NOTICIA_1
nova-carteira-de-identidade-20191014-1133710293
doleira_nelma_kodama
Cristiano-Zanin-
DHFSHDSH
20240220_091958
Site-Sebrae-Redesoft
csm_crianca_desaparecida_pixabay_8a9c0285ea