O Povo News

Escândalo do Pen Drive envolvendo governador do espírito santo:

MP pede suspensão do cerco eletrônico e abre investigação
A promotoria reagiu ao suposto escândalo de propina de R$ 40 milhões; montagem fraudulenta da licitação de R$ 139 milhões do Detran-ES, envolvendo membros da cúpula do Governo do Estado do Espírito Santo.

O promotor de justiça Rafael Calhau Bastos pediu ao Diretor Geral do Detran Givaldo Vieira a suspensão imediata da licitação do cerco eletrônico por 120 dias, até que ele investigue os fatos graves do pen drive da propina.

Em um dos trechos da Recomendação, o promotor destaca o risco de dano ao erário se o DETRAN assinar contrato com o Consórcio da empresa chinesa DAHUA, pelas suspeitas de corrupção e direcionamento.

Ao final do documento, o Ministério Público pede ao Diretor Geral que suspenda a licitação e não assine nenhum contrato com consórcio da DAHUA, até que sejam investigados os fatos do pen drive.

E pediu cópia integral do procedimento licitatório e de toda documentação já produzida até hoje.

E deixou claro no final da Recomendação que o Diretor Geral do Detran Givaldo Vieira vai cumprir por bem ou por mal a suspensão imediata do certame.

CONCLUSÃO:

SANDRÃO FERNANDES

O POVO NEWS UM MUNDO DE NOTÍCIAS NA PALMA DE SUA MÃO

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

b1102662-4224-48b7-a20f-78743c5356a8
jair-bolsonaro-pl-e-michelle-bolsonaro-no-ato-da-paulista-1708884266107_v2_750x421-580x326
1620a528-2137-44f2-b011-0026d4d884e5
Alunos saindo de escola na Estrutural, no Distrito Federal
f0b21860-1b1a-4bd3-87df-377e77a58a2d
lula-e-lira
1_g20-35126769
bolsonaro-1
Deam Porto Seguro
IMAGEM_NOTICIA_1
nova-carteira-de-identidade-20191014-1133710293
doleira_nelma_kodama