O Povo News

Em Teixeira de Freitas, mulher deficiente vive abaixo da linha da miséria

 

Viviane Moreira / Opovonews

 

Uma mulher de 42 anos vivem condição sub humana em Teixeira de Freitas. Maria da Glória Paiva de Jesus, vive em um barraco de pouco mais de 03 metros quadrados na Rua Adonias Filho, ladeira que dá acesso ao Bairro Colina Verde.

Nossa equipe de reportagem esteve no local e pode comprovar a situação de miséria que a mulher, que possui problemas mentais, está abrigada.

A área onde está instalado o barraco, fica numa Área de Preservação Permanente, (APP), onde logo abaixo está a “Biquinha do Colina Verde”, que é utilizada pelos moradores de diversos bairros para buscar água para consumo. Outro problema é referente a necessidades fisiológicas, que a mulher faz ali mesmo, e os coliformes fecais podem acabar contaminando a fonte de água logo abaixo da moradia.

Maria, que prefere ser chamada de “Melre” nos contou as dificuldades que passa, na triste condição que vive. A mesma informou que as vezes passa dias sem se alimentar, e que vive de doações de evangélicos e moradores do bairro.

Bastante confusa, “Melre”, possui ainda várias feridas pela perna e não recebe nenhum tipo de assistência de Órgãos públicos. A mesma disse que procurou por várias vezes a Secretaria de Assistência Social e que a referida secretaria ficou de ir até seu abrigo e nunca ninguém apareceu.

Moradores relataram que “Melre” vive no local há um 01 e 06 meses e que passa por muitas dificuldades.

” Nós ajudamos esta senhora como podemos. Já ligamos para a Secretaria de Assistência Social aqui de Teixeira e até hoje ninguém nunca apareceu. Esta mulher passa muita fome, anda muito doente é de dar pena a situação dela. Diante de tantos desvios de verba, tantos escândalos do governo, ver um ser humano nesta situação é lamentável. E depois ainda falam que o governo que aí está é para o pobre. A vergonhosa atuação da Secretaria de Assistência Social de Teixeira de Freitas já não é mais segredo. Gostaria de saber para onde vai a verba destinada para ajudar estas pessoas em situação de risco e miséria”. Declarou um morador.

VIDEO: 

https://www.youtube.com/watch?v=jmvupJYoDi0&feature=youtu.be

O local destinado a dormida, é um cercado feito de madeira, maneira que a mulher achou para se proteger da chuva e do frio, e de possíveis malfeitores, pois a mesma teme por sua segurança. O barraco é aberto e não possui nenhum tipo de proteção. Em meio a toda tristeza que encontramos, percebemos ainda 03 cachorros, cheios de feridas que “Melre” trás por companhia.

“Melre” confessou a nossa equipe que há vários dias não come carne, e a única coisa que encontramos no local era um pouco de feijão que estava sendo cozido apenas com água e sal em um fogão de lenha improvisado no fundo do barraco.

 

20140923_073302 20140923_073311 20140923_073338 20140923_073353 20140923_073359 20140923_073412 20140923_073422 20140923_073430 20140923_073443 20140923_073511 20140923_073514 20140923_073855 20140923_074008 20140923_074018

 

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

OIP (2)
OIF
OIP (1)
66596c63d6477c19d1ff9a36e46d4186
lula-evento-etanol-raizen-24-mai-2024-848x477
fachin-stf
mata-atlantica-petar-foto-daniel-de-granville-conexao-planeta
IMG_2977
secretaria-roberta-santana-outubro-2023-1-360x240
IMG_1159-min-768x512
20240523_114828
664dcf4b4e478_imagem_materia