O Povo News

Dia dos Símbolos Nacionais 18 de setembro

Esta data é uma homenagem a todos os símbolos nacionais do Brasil: a Bandeira Nacional, as Armas Nacionais, o Selo Nacional e o Hino Nacional.

Estes símbolos são de elevada relevância, porque representam o Brasil e a identidade da nação em todo o mundo.

Os símbolos nacionais brasileiros foram estabelecidos e são regulamentados através da Lei nº 5.700, de 1 de setembro de 1971. Esta lei ainda determina todas as especificações que ajudam a padronizar os símbolos nacionais, como dimensões, padrões, cores, representações e etc.

Bandeira Nacional

Símbolo principal da nação brasileira, utilizado em diversas ocasiões para representar o país.

Armas Nacionais

Um símbolo que deve estar presente em todos os órgãos e instituições públicas do Brasil, representando todas as características que compõem a República Federativa.

Selo Nacional

Usado para autenticar documentos e atos oficiais do Governo, assim como certificados e diplomas emitidos por entidades reconhecidas pelo governo nacional.

Hino Nacional

O hino nacional foi instaurado para comemorar a Independência do Brasil (1822), o hino foi composto pelo poeta Osório Duque-Estrada e o compositor Francisco Manuel da Silva.
O hino é cantado em uníssono nas aberturas de eventos cívicos, patriótico, culturais, esportivos, escolares e religiosos.

Durante o hino, deve-se hastear a Bandeira Nacional e exaltar o hino pelo menos uma vez nas escolas públicas e particulares do país.

“Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
De um povo heroico o brado retumbante
E o Sol da liberdade, em raios fúlgidos
Brilhou no céu da pátria nesse instante

Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte
Em teu seio, ó liberdade
Desafia o nosso peito a própria morte!

Ó Pátria amada
Idolatrada
Salve! Salve!

Brasil, um sonho intenso, um raio vívido
De amor e de esperança à terra desce
Se em teu formoso céu, risonho e límpido
A imagem do Cruzeiro resplandece

Gigante pela própria natureza
És belo, és forte, impávido colosso
E o teu futuro espelha essa grandeza

Terra adorada
Entre outras mil
És tu, Brasil
Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo és mãe gentil
Pátria amada
Brasil!

Deitado eternamente em berço esplêndido
Ao som do mar e à luz do céu profundo
Fulguras, ó Brasil, florão da América
Iluminado ao Sol do Novo Mundo!

Do que a terra mais garrida
Teus risonhos, lindos campos têm mais flores
Nossos bosques têm mais vida
Nossa vida, no teu seio, mais amores

Ó Pátria amada
Idolatrada
Salve! Salve!

Brasil, de amor eterno seja símbolo
O lábaro que ostentas estrelado
E diga o verde-louro dessa flâmula
Paz no futuro e glória no passado

Mas, se ergues da justiça a clava forte
Verás que um filho teu não foge à luta
Nem teme, quem te adora, a própria morte

Terra adorada
Entre outras mil
És tu, Brasil
Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo és mãe gentil
Pátria amada
Brasil!”

 

 

 

 

 

 

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

84771690_BRASILBrasilia-DF24-09-2019Sessao-do-Congresso-Nacional-na-tarde-desta-terca-f
Imagem do WhatsApp de 2024-05-28 à(s) 17.21
20240528_190431
Imagem do WhatsApp de 2024-05-27 à(s) 18.15
dfg
OIP (2)
OIF
OIP (1)
66596c63d6477c19d1ff9a36e46d4186
lula-evento-etanol-raizen-24-mai-2024-848x477
fachin-stf
mata-atlantica-petar-foto-daniel-de-granville-conexao-planeta