O Povo News

Dia do INTERNAUTA 23 de agosto

Uma época em que ainda se utilizavam disquetes, cartas e telefones que não lembram em nada os smartphones atuais.

Dia 23 de Agosto marca o Dia do Internauta, o que nos lembra de como a evolução da internet possibilitou que tenhamos meios de comunicação mais rápidos.

A internet nasceu como um emaranhado de computadores conectados entre si, que compartilhavam protocolos e normas de conexão, e estava acessível a um grupo limitado de pessoas.

Trabalhadores das empresas de comunicação e tecnologia avançada se comunicavam e compartilhavam informações através do correio eletrônico ou de arquivos. Imagine que nesse tempo um disco rígido de 10 Mb era quase um luxo.

Essa situação não era nem um pouco favorável para a comunidade científica, ainda mais pela crescente necessidade de trocar informações e compartilhar conhecimento. E foi a partir dessa inquietação que tudo começou a mudar.

Tim Berners-Lee e a revolução na forma de trocar informações

O ano é 1989. Um jovem físico e cientista londrino ainda não sabia, mas iria mudar a comunicação mundial.

Em 1980, Tim Berners-Lee recebeu uma encomenda da Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN) que consistia na criação de um banco de dados com os recursos humanos e modelos de softwares da CERN.

Esse foi um trabalho pontual que o físico e cientista tirou de letra em poucos meses. Ao utilizar o conceito ainda pouco conhecido de hipertexto, que é quando uma página leva a outra e direciona a pessoa para uma nova informação, deixou uma boa impressão na Organização Europeia.

Assim, foi convidado para fazer parte da equipe em 1984. No ano seguinte Tim Berners-Lee criou o HTTP – que é o protocolo de transferência de hipertexto, a linguagem HTML – a linguagem que cria as páginas, o identificador uniforme de recursos – mais conhecido como URL, o primeiro navegador e servidor e as primeiras páginas web.

Em 1989 chegou a encomenda que seria o grande marco da vida de Tim Berners-Lee – e do mundo: a criação de um sistema para que os cientistas pudessem compartilhar informações internacionalmente. Ou seja, páginas com informações dentro da internet, de maneira que outras pessoas pudessem ter acesso, expandindo a troca de conhecimento e informação.

O dia do internauta: nasce o WWW

Em 23 de agosto de 1991 nasceu o WWW, que significa World Wide Web. A tradução é Rede Mundial de Computadores, e foi isso que transformou o mundo de forma definitiva.

A teia de informações que se hospedam na internet começou com pouquíssimos servidores. Em janeiro de 1993 contava apenas com 50. Em outubro do mesmo ano o número havia sido multiplicado por 10. Em 1994, as webs disponíveis eram menos de 3.000, e em 2014, o número já passava de 1 bilhão.

A explosão de usuários desse extraordinário meio de troca de informações continua se expandindo cada vez mais, e não só em quantidade, mas também em qualidade. Nesse sentido, a internet consegue ultrapassar várias fronteiras dentro do quesito conhecimento.

Se você ainda tem alguma dúvida, vale lembrar que internet e WWW não são a mesma coisa. A internet já existia antes da criação do World Wide Web, como mostra a história acima. A diferença entre elas é que a internet é a rede que possibilita a comunicação enquanto que o WWW é o espaço onde estão armazenadas as informações e páginas da web, tal como conhecemos.

E por falar em informações, atualmente encontra-se de tudo na internet. Desde uma receita de bolo até instruções de como trocar os pneus da sua bicicleta. Você consegue ainda aprender outros idiomas pela internet, estudar e ainda receber diplomas e/ou certificados de cursos.

Até na hora das compras o WWW ajuda, e nada melhor do que economizar nas compras online. E o detalhe é que todas essas informações ainda podem vir em diferentes formatos como: textos, vídeos, áudios, fotos, etc. Mas isso você já sabe.

Basta você pesquisar da maneira certa e otimizar seu tempo, pois absolutamente tudo (ok, quase tudo) se encontra na teia de informações digital, e ter acesso a ela é um direito.

A comunicação e a liberdade de expressão são direitos garantidos segundo o Artigo 5º da Constituição, então de fato, ter acesso à internet é um direito seu. Contudo, ainda existem alguns desafios no país para que a Inclusão digital no Brasil alcance toda a população.

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

Processo contra deputados
BF-770x535
ibametro-teste-balanca-rodovia-baiana
Demarcação terra indigena
RuiCosta-03abr204
Acao MPF
Bicho preguiça resgatado
post-1713389641
6d4f41e9-3db8-4519-87ea-83693d3cd5e6
idosos-beneficios-carteira-do-idoso-cadastro-unico-cadunico
mor
senado