O Povo News

Caso Rielson: Polícia tenta intimar prefeito e presidente da Câmara

Radar 64 – Foto: Rafael Amaral/Rastro101

policia_d

A Polícia Civil continua investigando o assassinato do prefeito de Itagimirim, Rielson Lima. Na tarde desta quinta-feira, 14 de agosto, agentes da 23ª Coorpin estiveram na cidade para entregar intimações a algumas pessoas que serão ouvidas no inquérito.

De acordo com o delegado especial do Depin (Departamento de Polícia do Interior), Élvio Brandão, não houve prisões, como chegou a ser cogitado nos bastidores políticos e em redes sociais.

Ainda segundo Élvio, que está à frente das investigações desde a semana passada, as intimações foram para o prefeito Rogério Andrade e para dois irmãos dele: o presidente da Câmara, Júnior Andrade e o produtor rural Sandro Andrade. Ainda de acordo o delegado, a outra intimação foi para o empresário do setor de transporte escolar Darlan Lima.

Os policiais estiveram no prédio da prefeitura, mas não encontraram o perfeito Rogério Andrade, que estaria em Salvador. Os agentes foram ainda nas residências dos demais, também não encontrados.

De acordo com um advogado da Câmara de Itagimirim, o presidente Júnior Andrade estaria em sua propriedade rural em Santa Maria Eterna, distrito de Belmonte. O RADAR 64 também não conseguiu contato com os demais citados na reportagem.

O prefeito Rielson Lima foi executado a tiros em praça pública, no centro de Itagimirim, na noite de 29 de julho. Ninguém foi preso até o momento.

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

OIP (2)
OIF
OIP (1)
66596c63d6477c19d1ff9a36e46d4186
lula-evento-etanol-raizen-24-mai-2024-848x477
fachin-stf
mata-atlantica-petar-foto-daniel-de-granville-conexao-planeta
IMG_2977
secretaria-roberta-santana-outubro-2023-1-360x240
IMG_1159-min-768x512
20240523_114828
664dcf4b4e478_imagem_materia