O Povo News

Cancelamento de voos da Gol para Teixeira de Freitas e outras 3 cidades baianos é discutido em reunião na Assembleia Legislativa

Deputados da Comissão de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo e da Comissão de Defesa do Consumidor e Relações do Trabalho da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) se reuniram, na terça-feira (25), com representantes da Gol Linhas Aéreas Inteligentes e prepostos das secretarias de Infraestrutura e de Turismo do Estado.

O assunto foi o anúncio de cancelamento de voos da empresa para as cidades de Teixeira de Freitas, Barreiras, Lençóis e Paulo Afonso.

Questionado sobre o fim dos voos, marcada para o dia 9 de maio, o assessor da presidência da Gol, Alberto Fajerman, disse que, embora a empresa tenha anunciado que os voos não serão mais realizados por ela, na prática, as rotas continuarão funcionando, através de uma outra empresa, no caso, a Latam.

Fajerman explicou que a Gol, por não ter aviões de porte adequado para pousar nos aeroportos dessas quatro cidades, tinha um contrato com a Voepass (antiga Passaredo Linhas Aéreas) para oferecer voos a essas regiões. Os voos eram operados pela Voepass e oferecidos no site da Gol. No entanto, a Voepass rompeu recentemente o contrato com a Gol.

Apesar disso, segundo Fajerman, com a mediação dos secretários de Infraestrutura, Sérgio Brito, e de Turismo, Maurício Bacelar, foi firmado um novo contrato com a Latam, que passará a oferecer os mesmos voos à região em seu site. “Do ponto de vista do atendimento, na prática, nada mudará”, disse o representante da Gol.

 

Novo voo Porto Seguro-Buenos Aires

Fajerman anunciou que a companhia lançará, dentro em breve, uma nova linha de Porto Seguro a Buenos Aires, o que trará benefícios ao turismo da região. De certa forma, segundo ele, esse voo compensará a ausência dos outros quatro que serão cancelados no site da empresa.

O deputado Robinson Almeida (PT) questionou o fato de a frota da Gol, que tem Hub (Centro de Distribuição de Voos) em Salvador, não dispor de aviões de porte adequado aos aeroportos regionais, visto que a empresa trabalha com aeronaves da Boeing, marca de aviões de grande porte. “Não vejo adequação entre as demandas da Bahia e a frota da Gol”, disse o parlamentar.

 

Incentivos do Estado

Para ele, a empresa, que recebe incentivos do Estado, deveria rever a frota para atender a demanda dos aeroportos. O parlamentar mostrou preocupação ainda com a garantia de que os voos serão mantidos pelas outras companhias aéreas, que não teriam os mesmos benefícios fiscais.

Na mesma linha, o deputado Marcinho Oliveira (UB) disse que a Gol transfere os voos de Teixeira de Freitas, Barreias, Paulo Afonso e Lençóis para a Passaredo (Voepass), mas os benefícios continuam para a Gol. “Qual a segurança que os municípios vão ter para a continuidade desses voos?”, questionou.

 

Plano aeroviário

O diretor de terminais da Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra), Denisson Oliveira, lembrou que a Bahia é um dos poucos estados que tem um plano aeroviário, que foi concretizado em 2012. São 12 aeroportos em regime de concessão e 76 aeródromos.

“Em 2022, restauramos todos eles (aeroportos) e fizemos mais 20 pistas. A Seinfra vem investindo pesadamente nos aeroportos, até porque nós temos um órgão fiscalizador, a Anac (Agência Nacional de Aviação), que sempre nos faz cobranças. Neste momento, temos dois aeródromos que estão em fase de conclusão, Bom Jesus e Senhor do Bonfim”, disse Denisson.

 

Fonte: Ascom/Alba – Foto: Agência Alba

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

Armas de caça capturadas
Ladrões Cidade Historica
Indigena Caraíva
Mucuri
Nova Viçosa
20240229_101412
20240229_124054
ameacando-parlamentares-780x470
INFOCHPDPICT000073512255
Jeronimo_Rodrigues_Revista_Nova_Bahia
20240228_091611
rs42268_gp0stts2p_pressmedia-lpr