O Povo News

Atenção motoristas: Chuvas voltam a cair no Extremo Sul da Bahia e rodovia é interditada

A BA-284, que liga Itamaraju a Jucuruçu, na região Extremo sul da Bahia,  precisou ser interditada mais vez. O desvio que havia sido feito para reparar o trecho destruído pelo temporal no dia 8 de dezembro ficou intransitável na manhã desta segunda-feira. Por isso, quem precisa seguir entre as duas cidades precisa fazer uma rota pelas cidades de Vereda ou Guaratinga, aumentando a viagem em 200 km.

Além disso, a interdição deixou, ao menos, quatro comunidades rurais isoladas novamente. A prefeitura municipal informou que acionou o poder público estadual para adotar medidas paliativas e amenizar o problema, já que um gabinete do governo foi montado na cidade para dar suporte às vítimas.

A cidade de Itamaraju  voltou a ter chuva forte.  O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê grande probabilidade de chuva também em municípios na região sul do estado, até o final dessa semana.

Segundo o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), entre segunda-feira (20) e terça-feira (21), a previsão é de céu nublado parcialmente nublado chuva fraca e isoladas. Não se descarta a possibilidade de eventos significativos, sobretudo deslizamentos de terra.

Por isso, equipes da Defesa Civil Nacional pediram que moradores da comunidade de Lourinho, em Itamaraju, deixem suas casas para evitar novas tragédias. Desde o fim de semana, o órgão fez um levantamento das áreas de risco dos municípios da região.

No domingo (19), um temporal deixou várias ruas alagadas, um família desabrigada e causou o deslizamento de uma encosta no município. Eunápolis é uma das 63 cidades que estão em situação de emergência no estado. Nesta segunda, a previsão é que volte a chover na cidade, que tem alerta laranja emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Ao longo dessa semana, cidades do extremo sul do estado já castigadas pelos temporais devem ter índices pluviométricos considerados altos, superiores a 30 milímetros, que já são tidos por especialistas como chuva forte. Entre as localidades apontadas pelo instituto como alerta estão Jucuruçu, Medeiros Neto e Porto Seguro.

Segundo o Inmet, isso ocorre por causa do sistema de baixa pressão, que está canalizando a umidade da região amazônica para o estado. Há um sistema sobre o continente e outro sobre o oceano, ambos passando rapidamente no sul do Brasil e estão estacionados no sul da Bahia.

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

Ao-apresentar-um-ou-mais-sintomas-da-Dengue-e-imprescindivel-que-a-pessoa-procure-um-servico-de-saude-para-diagnostico-e-tratamento-adequado
buzu-obitos-1-1
stf-foto-divulgacao
01HV4N7Y4VV8557B82P3QDS2QT
download
incendio-Amazonia1
dengue
Lula
SergioMoro-Podemos-Filiacao-Candidatura-Presidente-AlvoaroDias-RenataAbreu-39-scaled-1-848x477-1
1664292344633315f8bf64b_1664292344_3x2_md
20240409_102426
Carros-transito