O Povo News

Suspeito de matar indígena há um mês é preso no distrito de Caraíva

A Polícia Civil da Bahia cumpriu, na quarta-feira (28), um mandado de prisão temporária de um homem indígena, investigado pelo homicídio de outro indígena identificado como Rarioman dos Santos Pinheiro, de 30 anos. O corpo da vítima foi encontrado em estado de decomposição, com sinais de violência, no dia 1º de fevereiro, próximo a um plantio de café na Aldeia Meio da Mata, distrito de Caraíva, município de Porto Seguro.

O resultado do laudo de necropsia apontou que a causa da morte foi traumatismo torácico provocado por espancamento. Quando o corpo foi localizado, já havia de 48 a 72 horas do momento da morte.

Os investigadores do Posto Avançado da Polícia Civil da Bahia no Distrito de Trancoso apuraram que o autor do crime cometeu homicídio qualificado pela traição, o que aumenta a gravidade do delito. O homem passou por exames de lesões corporais e está à disposição do Poder Judiciário.

O delegado responsável pelo caso, Laerte Neto, representou pela prisão temporária e acesso a dispositivos eletrônicos do suspeito, e teve a solicitação deferida pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Porto Seguro. “Se condenado, ele pode cumprir 30 anos de reclusão. As investigações continuam para a conclusão do inquérito policial”, disse o delegado.

 

Fonte: Ascom/PC

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

Elon-Musk-e-Moraes
FHDSHDSHH
documentos-fdr-1
ccccccc
Xh2Xanz3yUKU945xiqMkn3qHnySBN05Qi5H46CfW
IMG_5791
285736_widelg_widelg
istockphoto-168614830-612x612
líderes-g20
conta-de-luz-fdr-19
1_20191217_04476-7097462
20240411_083923