O Povo News

“Patati” foragido da Polícia de Teixeira vivia como empresário e usava nome falso em Tailândia no Pará

Teixeira de Freitas: A Polícia Civil de Tailândia, no Estado do Pará, deu cumprimento a 05 mandados de prisão contra Ezequiel Alves de Alcântara, 28 anos, vulgo “Patati”. A prisão aconteceu nesta terça-feira, 06 de dezembro, na cidade paraense. Segundo apurou nossa reportagem, os mandados de prisão foram expedidos pelos Poderes Judiciários de Minas Gerais e Bahia, relativos aos crimes de Homicídio.

Segundo a Polícia Civil de Teixeira de Freitas, após mais de 06 (seis) meses de investigação, seguindo os rastros deixados pelo Ezequiel, o “Patati”, considerado um dos indivíduos mais perigosos da Bahia, a equipe da 8ª Coordenadoria de Teixeira de Freitas – CATI/SUL, conseguiu localizar o Foragido da Justiça, Ezequiel Alves, no estado do Pará. Após troca de informações com a inteligência do NAI Tucuruí – Pará, e a 8ª COORPIN, foi deflagrada uma operação para prender o foragido da Justiça.

Segundo a polícia, após 24 horas de diligências contínuas, os policiais civis da delegacia de Jacundá lograram êxito em localizar o suspeito e efetuar a sua prisão, sendo ele capturado e conduzido à delegacia para as medidas cabíveis. Ezequiel estava utilizando documentos falsos e passava-se por empresário na cidade de Tailândia, no Pará. Ezequiel, o “Patati” ficou no Baralho do crime (os mais procurados da Bahia) por cerca de 03 (três) anos.

Segundo a Polícia Civil, “Patati” é um dos líderes do tráfico de drogas na cidade Teixeira de Freitas e região, responsável por ordenar a maioria dos homicídios no Extremo Sul Baiano.

Fonte: LN

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

Imagem do WhatsApp de 2024-05-20 à(s) 18.43
2023-05-22-1
divulgação-coro-e-iniciacao
dinheiro-1024x615-1
dengue-1
cama-madeira-830x468-1
aculturadonordeste-160103104704-thumbnail
Imagem do WhatsApp de 2024-05-20 à(s) 18.29
Imagem do WhatsApp de 2024-05-15 à(s) 16.07
R
20240515075732574514i
trânsito-1