O Povo News

MPT abre investigação sobre vazamento de amônia em frigorífico de aves em Eunápolis

A intoxicação de 11 trabalhadores em uma fábrica localizada na zona rural de Eunápolis vai ser investigada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT). O caso aconteceu na segunda-feira (18) na empresa Naturaves, que fica às margens da BR-101.

As informações preliminares dão conta de que os funcionários intoxicados começaram a passar mal após vazamento de gás amônia, utilizada no frigorífico instalado na empresa. Os trabalhadores foram socorridos para o Hospital Regional de Eunápolis e tiveram alta no mesmo dia.

 

Investigação

No procedimento instaurado, o MPT vai buscar informações junto aos órgãos que acompanham o caso, como polícia civil, e deverá também solicitar perícia técnica no local com o objetivo de verificar se todos os itens das normas técnicas de saúde e segurança do trabalho vinham sendo cumpridas pela empresa.

A Naturaves também poderá ser notificada a apresentar documentos e prestar esclarecimentos. Em nota, a companhia afirmou que, após a identificação do vazamento, foi realizada a evacuação do local e das imediações e que a produção foi retomada na terça-feira (19).

 

Inspeção da Sesab

Na terça-feira, uma equipe da Vigilância da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) fez uma inspeção na fábrica da Naturaves.

Informações preliminares apontam que quatro setores da empresa, entre eles o de evisceração, foram afetados pela contaminação.

Técnicos da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB) farão análise da produção. Atualmente, a empresa abate 1.100.000 aves e produz 27.000.000 de ovos por mês.

 

Fonte: Ascom/MPT – Foto: Divulgação/Naturaves

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

Imagem do WhatsApp de 2024-07-19 à(s) 06.07
Imagem do WhatsApp de 2024-07-18 à(s) 07.34
OIF
2344er
agora3_33
download
FmxpEXGWQBYF6ba
1000386008-300x200
R
governador-jeronimo-divulgacao-GOVBA-1000x530-1-e1705379913161-1728x800_c
Imagem do WhatsApp de 2024-07-17 à(s) 11.46
R