O Povo News

MP oferece denúncia contra Paulinho de Deus, médium suspeito de estupro

O Ministério Público de São Paulo ofereceu denúncia contra o médium Paulo Roberto Roveroni, conhecido como Paulinho de Deus, por suspeita de estuprar durante vinte anos uma mulher. Em março, o diretor da Associação Espírita Beneficente Paulo de Tarso foi preso preventivamente suspeito de estupro de vulnerável, em Catanduva, cidade a 390 km de São Paulo.

Na época, a mãe da vítima que atualmente tem 25 anos afirmou que a filha sofreu abusos sexuais do médium dos 3 aos 23 anos em entrevista a Universa.

“O Paulo era uma pessoa considerada de bem e eu jamais desconfiei de qualquer coisa. Minha filha sempre teve muitos problemas psicológicos, era uma menina sem amigos e ficava muito retraída e eu não entendia o motivo. Há um ano ela começou a fazer acompanhamento psicológico e foi depois disso que conseguiu me contar tudo o que havia acontecido durante esses 20 anos.” Ainda, segundo a mãe, o médium teria dito à menina que os atos eram “processos de cura espiritual”. Além dela, outras duas mulheres também denunciaram Paulinho de Deus, entre elas, a filha do médium, hoje com 38 anos, e uma mulher que frequentava a associação espírita que ele comandava no interior paulista.

De acordo com o MP, estes outros dois casos foram prescritos e, por isso, não poderá ser aberto um processo em relação a eles. Entretanto, as duas mulheres serão ouvidas como testemunhas.

FONTE: UNIVERSA

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

istockphoto-168614830-612x612
líderes-g20
conta-de-luz-fdr-19
1_20191217_04476-7097462
20240411_083923
1_elon_musk_e_alexandre_de_moraes-36035485
Ao-apresentar-um-ou-mais-sintomas-da-Dengue-e-imprescindivel-que-a-pessoa-procure-um-servico-de-saude-para-diagnostico-e-tratamento-adequado
buzu-obitos-1-1
stf-foto-divulgacao
01HV4N7Y4VV8557B82P3QDS2QT
download
incendio-Amazonia1