O Povo News

Morre João Araújo, referência no jornalismo do Extremo Sul

Na noite de quarta-feira, 20 de dezembro, a imprensa do extremo sul do país lamentou a perda de João Araújo, renomado jornalista de 75 anos, que faleceu na cidade de Ilhéus. A causa foi uma parada cardíaca agravada por um edema pulmonar.

Nascido em 15 de maio de 1948 em Ilhéus, João Araújo iniciou sua trajetória nos anos 1960 no Rio de Janeiro, onde se destacou como produtor musical, promovendo shows de renomados artistas como Gonzaguinha, Alceu Valença, Gilberto Gil, Novos Baianos, entre outros.

Na década de 80, João mudou-se para Itamaraju, onde se envolveu na política, desempenhando o papel de chefe de gabinete dos ex-prefeitos Dr. Orlandino Paixão e Ailton Pereira. Foi também em Itamaraju que lançou seu primeiro jornal impresso, o “Independente”.

Lá pelos anos 90, João Araújo se muda para Teixeira de Freitas onde fundou o Jornal Cidade. Dotado de personalidade forte e combativa, João Araújo angariou muitos amigos e alguns desafetos ao longo de sua carreira, marcada pela dedicação e competência. Tornou-se uma figura respeitada por onde passava, deixando sua marca no jornalismo regional.

Diagnosticado como diabético, nos últimos anos, João enfrentou diversos desafios de saúde, o que o levou a abandonar a profissão que amava. Devido às restrições impostas pelas doenças, retornou à sua cidade natal, Ilhéus, onde veio a falecer.

João Araújo deixa 04 filhos e 03 netos. Seu corpo está sendo velado em Ilhéus, onde será sepultado.

 

Fonte: Neuza Brizola/ Bahiaextremosul.

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

ameacando-parlamentares-780x470
INFOCHPDPICT000073512255
Jeronimo_Rodrigues_Revista_Nova_Bahia
20240228_091611
rs42268_gp0stts2p_pressmedia-lpr
1_celia_e_sonia-35216099
mendonca
Lula-PPA-19-04-23-848x477
LPG_Bahia_27-09-23
images
lula-960x640
maxresdefault