O Povo News

Belitardo o desequilibrado

Denuncia:

https://static.wixstatic.com/mp3/62fead_69d7d2a7be1047cdbbdeb3d33fa1a4c3.m4a

“ E quem não está satisfeito, ou muda de opinião, ou muda de cidade.” Pasmem os leitores, mas essa frase é de um prefeito, foi dita em discurso aos funcionários contratados da prefeitura de Teixeira de Freitas, secretários e alguns vereadores, obrigados a formarem o único público que assiste essas “assinaturas de ordens de serviços” para o início de obras superfaturadas. Como, por exemplo, a da escola de 12 milhões. Ao falar para sua bolha político-administrativa, o prefeito de Teixeira de Freitas, M. Belitardo, externou seu desequilíbrio, ou descontrole emocional, como queiram, ao expulsar da cidade os descontentes com sua administração. Só para que possamos entender essa frase:

As pessoas que sofrem de desequilíbrio ou descontrole emocional apresentam alterações frequentes e inesperadas de humor, além de reações desmedidas às más notícias e acontecimentos inesperados.

Diante dessa fala agressiva e mal-educada do M.Belitardo, eu diria ao prefeito que não vou mudar de opinião e nem da cidade. Eu sou um daqueles que junto com capixabas, mineiros, paulistas, e tantos outros imigrantes, assim como muitos que vieram de municípios baianos, como o próprio pai dele que é oriundo de Jacobina, formamos esse município de Teixeira de Freitas. É muito mais fácil retirar M. Belitardo através dos votos no próximo ano, do que empreender uma debandada do município. Essa frase do prefeito, soa nos ouvidos como uma convocação aos descontentes com a administração dele, para votarem em outro.Ele, como todo desequilibrado emocionalmente, não merece confiança.

Um prefeito que quer expulsar os descontentes da sua administração, é o mesmo que permite que a mãe de uma menor de idade seja agredida na UPA por um segurança, impedida de entrar para acompanhar sua filha. Como relata Daiane Oliveira, em áudio publicado nas redes sociais. Essa atitude do segurança é reflexo da falta de equilíbrio do seu chefe, o prefeito, já que ele agride os munícipes, o segurança achou que deveria imitá-lo. E a rejeição dele só aumenta.

Por Érico Cavalcanti

 

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

Processo contra deputados
BF-770x535
ibametro-teste-balanca-rodovia-baiana
Demarcação terra indigena
RuiCosta-03abr204
Acao MPF
Bicho preguiça resgatado
post-1713389641
6d4f41e9-3db8-4519-87ea-83693d3cd5e6
idosos-beneficios-carteira-do-idoso-cadastro-unico-cadunico
mor
senado