O Povo News

Após veiculação no Opovonews, mais vídeos do espancamento cometido por PM contra pescador chegam a redação

 

Viviane Moreira / Opovonews

 

 

Por volta das 11 horas de terça feira, (30), Gutemberg Pereira Paixão, 27 anos, que foi severamente espancado pelo Sargento da Polícia Militar da reserva, conhecido como “Fagundes”, procurou a redação do Opovonews, para denunciar todo terror sofrido no último domingo, (30), quando após vários socos e pontapés, foi amarrado a um animal e posteriormente a um poste de energia elétrica apenas de cueca pelo militar.

Muito abalado, Gutemberg ainda trazia no corpo as marcas das agressões. O mesmo esteve também no estúdio da Rede Sul Bahia de Comunicação, onde conversou com o radialista e repórter Tyago Ramos, e com o Dr. Uldurico Pinto, Presidente do Instituto Brasileiro de Defesa dos Direitos Humanos.

20140930_140334

Uldurico, durante a entrevista, reafirmou o dever pessoal de cuidar da população do Extremo Sul e de sua incansável luta para coibir que abusos contra a população carente prevaleça ainda nos dias de hoje.

A família de Gutemberg muito emocionada, falou dos momentos de terror que viveram vendo o jovem, tão vulnerável diante de tamanha brutalidade.

Após a denúncia no site Opovonews, o caso ganhou repercussão e mais vídeos denunciando o espancamento chegaram à nossa redação.

O Sub Tenente Agnaldo Lima, Sub Comandante do 3º Pelotão em Prado, informou a nossa redação, que o caso já foi oficiado à Corregedoria da PM em Salvador e que irá aguardar os procedimentos normais de investigação.

VÍDEO

https://www.youtube.com/watch?v=rkZcVqoWybw

 

Entenda o Caso

Nossa equipe de reportagem foi procurada por familiares de Gutemberg Pereira Paixão, 27 anos para denunciar uma sessão de torturas ao qual o jovem foi submetido por volta das 16 horas de domingo (28), no distrito de Limeira, interior da cidade de Prado.

De acordo com os familiares, Gutemberg que é pescador, dirigiu-se ao estabelecimento comercial conhecido como “ Bar do Grilo” onde usou o banheiro. Na saída, o policial militar da reserva, conhecido como “Sargento Fagundes”, sem nenhuma razão aparente, desferiu três socos no rosto de Gutemberg, e a partir daí, começou a sessão de pancadaria.

Os familiares nos trouxeram imagens da agressão, com cenas chocantes, onde mostram o jovem amarrado, e sendo espancado com chutes e socos.

Na imagem, o policial, com uma arma em punho, tenta colocar o jovem dentro do porta mala de um veículo. Em outras imagens do vídeo, o policial aparece em meio a um pasto, como o jovem de joelhos, amarrado e recebendo diversos socos ao lado de um cavalo, ao qual o jovem foi amarrado e arrastado.

Testemunhas informaram ainda que o Gutemberg após ter sido arrastado pelo animal permaneceu das 17 horas até as 19 horas amarrado nú a um poste de energia elétrica e que as agressões só pararam quando a mãe do mesmo que vinha da Igreja, juntamente com vizinhos, acionaram a polícia militar que compareceu ao local e recolheu a vítima, ensangüentado e cheio de escoriações para a delegacia.

 

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

juscelino-filho-uniao-brasil-ma_1_82974
prf-monitora-as-rodovias-federais-1789180-article
aa7da61b146be195665538d8fb64aed8
Capturar
BMC-HOJE-23-1140x597-1-750x375
IMG-20240617-WA0177
Imagem do WhatsApp de 2024-06-16 à(s) 11.07
desertificacao-1
Sessão para eleição dos membros da mesa diretora da Câmara dos Deputados
Plataforma-P-55-da-Petrobras-no-Campo-de-Roncador-Foto-Divulgacao
cerveja-bebida-alcool
Imagem do WhatsApp de 2024-06-13 à(s) 11.07