O Povo News

18 de dezembro Dia do Mergulho

Para entender a história do mergulho, primeiro precisamos aprender que existem 3 tipos de mergulho: livre, dependente e o autônomo.

O mergulho livre é aquele que praticamos com o ar do nosso pulmão e o mergulho dependente é aquele onde o mergulhar está conectado com uma fonte de ar vinda da superfície.

Já o mergulho autônomo é aquele em que respiramos debaixo d’água utilizando um equipamento específico chamado SCUBA.

O nome SCUBA é um acrônimo do termo em inglês Self-Contained Underwater Breathing Apparatus, que em português significa aparato independente de respiração aquática.

Por isso, resolvemos escrever este artigo sobre a origem do mergulho e outras curiosidades desta atividade.

As datas dos primeiros registros são de mais de 6500 anos atrás, onde o homem já tentava inventar acessórios com o objetivo de explorar o mar.

Esses esforços primitivos eram limitados a águas até 30 metros de profundidade. Nessa profundidade os mergulhadores poderiam coletar, principalmente, materiais de valor comercial como alimento, esponjas, corais e pérolas.

Não se sabe exatamente a origem da data comemorativa 18 de dezembro. Na Rússia, por exemplo, o dia do mergulhador comercial é celebrado em 05 de Maio, por causa da abertura da primeira escola de mergulho para oficiais da marinha russa.

Em 1531, Guglielmo de Lorena projetou o primeiro sino de mergulho. Trata-se de um objeto, semelhante a um sino de igreja, que levava os mergulhadores até determinada profundidade, e que possibilitava o acúmulo do ar em seu interior.

Dessa forma, os mergulhadores poderiam mergulhar em apneia e voltar ao sino quando necessário fosse renovar o suprimento de ar.

Vários projetos de sinos aprimorados foram realizados durante os anos, sendo o mais notável deles o projetado por Edmond Halley.

O sino de Halley era capaz de manter-se submerso por longos períodos e equipado com uma janela com o propósito de permitir a exploração subaquática. E ainda, o ar do sino era substituído pelo conteúdo de barris pesados, cheios de ar, enviados pela superfície.

A próxima evolução foi a redução do sino ao tamanho de um capacete que recebia ar bombeado da superfície. Esse capacete acoplado a uma roupa impermeável deu origem ao escafandro tradicional que dominou a atividade por longos anos, hoje em desuso.

 

 

Compartilhe nas redes sociais:

Leia mais

b1102662-4224-48b7-a20f-78743c5356a8
jair-bolsonaro-pl-e-michelle-bolsonaro-no-ato-da-paulista-1708884266107_v2_750x421-580x326
1620a528-2137-44f2-b011-0026d4d884e5
Alunos saindo de escola na Estrutural, no Distrito Federal
f0b21860-1b1a-4bd3-87df-377e77a58a2d
lula-e-lira
1_g20-35126769
bolsonaro-1
Deam Porto Seguro
IMAGEM_NOTICIA_1
nova-carteira-de-identidade-20191014-1133710293
doleira_nelma_kodama