Aos 15 anos, teixeirense é eleito regente substituto da Orquestra Inf. da Bahia

Jony Nascimento, 15 anos, é um estudante secundarista de Teixeira de Freitas, fruto do ensino público. Um menino comum, que graças ao Programa Orquestrando Futuros do Instituto de Cultura, Educação e Desenvolvimento (ICED), descobriu seu dom para a música. O violinista, acaba de ser escolhido como “spalla” da 1ª formação da Orquestra Infantil da Bahia do NEOJIBA (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia). O posto é entregue ao melhor músico, aquele que tem técnica para auxiliar o maestro. Ele é o responsável pela afinação da orquestra e pela execução dos solos. Essa vitória do Extremo Sul Baiano foi confirmada neste fim de semana em Salvador. Para entender melhor os acontecimentos, vamos voltar alguns dias no tempo.

Quarta-feira, 7 horas da manhã de 11 de outubro de 2017. Os meninos e meninas integrantes do  ICED comemoravam os quatro anos da criação da Orquestra 9 de Maio com uma programação muito especial. Parte deles, com idade entre 9 e 15 anos, estava de malas prontas para embarcar numa experiência única: participar da primeira formação da Orquestra Infantil da Bahia, iniciativa inédita do NEOJIBA para comemorar 10 anos de trabalho. Uma viagem cheia de música e emoção que começou em abril, com o lançamento do edital para a seleção das crianças e adolescentes e que está se concretizando agora,  com o deslocamento e os ensaios preparatórios intensos que culminarão em grandes apresentações em Salvador. Todos os alunos do ICED, via Programa Orquestrando Futuros, que participaram da seletiva, foram aprovados.

E foi nessa expectativa que na quarta-feira eles se concentraram na área externa da Igreja Batista Memorial (IBM), esperando o momento de partir até Porto Seguro, e de lá, embarcar em um avião para a capital. Eles seguiram em uma van, já com algumas paradas definidas, afinal, além dos representantes do ICED, o Espaço Cultural Dona Flora de Alcobaça, também marcou presença entre os aprovados da Orquestra Infantil. Gislaine Romana, presidente do ICED e esposa do maestro Orley Silva, está acompanhando tudo de perto. De Teixeira de Freitas até Porto Seguro, tudo tranquilo. Em Porto Seguro, muitos experimentaram as sensações do primeiro voo. Desde a inquietação com os protocolos de embarque, até o frio na barriga na hora da decolagem. Para registrar, muitas fotos. Todas as que foram permitidas.

10 dias em Salvador
Em Salvador, uma recepção calorosa. A deputada estadual Maria del Carmen (PT) foi esperá-los no aeroporto, onde fez votos de dias de alegria, aprendizado e sucesso. “É sempre uma emoção a confirmação do belo trabalho feito pelo ICED, nas pessoas de Orley e Gislaine e também do grupo Dona Flora. Eu reconheço o talento e dedicação de todo o grupo e faço questão de manifestar meu carinho e admiração”, emocionou-se a deputada.

Na capital baiana a rotina é de muita disciplina. E os jovens músicos estão amando tudo, desde a vista do hotel em que estão hospedados, de frente para o mar, até o mais importante: as lições de música. Eles celebram cada encontro com os maestros

monitores do NEOJIBA. Ao todo, as crianças permanecerão 10 dias em solo soteropolitano e no fim, participarão das apresentações no fim de semana de aniversário do NEOJIBA, na Concha Acústica e Teatro Castro Alves, momento em que o “spalla” Jony entrará em ação.

Fonte – Extremus21

 

Compartilhe:

Deixe seu comentário


Veja mais


O POVO NEWS

Fale com a gente